Logo

Logo

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Celestia

Nossos antepassados podiam usar a expressão por mares nunca navegados, mas agora tudo mudou e com o incrível avanço das Naus Celestia podemos orgulhosamente dizer, por Céus nunca navegados. Agora, intrépido companheiro de viagem, suba a bordo que já vamos partir, pois Celestia Tá na Mesa!



 Celestia é um divertido jogo lançado em 2015 por Aaron Weissblum. De dois a seis jogadores, com duração média de 20 minutos, em Celestia os jogadores são corajosos aventureiros que navegam com um barco voador em busca de tesouros nas cidades das nuvens.

- Ridículo! Barcos não voam. Esse é uma fraude e nocivo a mente de nossos jovens.



Pode parar com o discurso ensaiado, infeliz cheio de banalidade. Celestia é um ótimo jogo, leve e bem divertido, perfeito para jogar com a família e amigos. As regras são fáceis de aprender. Como já foi dito, os jogadores estão em um barco celeste (Nota da Sra. Slovic: A miniatura do barco é um show a parte) e sempre que chega a uma das nove cidades cada um deve decidir se desce do barco ou segue viagem. Se descer, pega uma carta de tesouro (que dá Pontos de Vitória no fim da partida). Para continuar o Capitão do Barco deve vencer os obstáculos que apareceram no caminho. Há quatro tipos de obstáculos: Ventos, Pássaros, Raios e Piratas.



Todos os jogadores começam a partida com algumas cartas nas mãos. Essas cartas são usadas para vencer desafios encontrados e algumas dão habilidades especiais. Em seu turno o Capitão deve rolar alguns dados, que mostram as dificuldades que estão no caminho e perguntar aos jogadores que ainda então no barco se querem descer ou seguir. Ele não diz se tem as cartas para seguir em frente (Nota do Sr. Slovic: Ele até pode dizer que tem, mas não pode mostrar. O blefe deixa a partida muito mais divertida). Depois dos jogadores decidirem se seguem ou não, o Capitão baixa as cartas para vencer o desafio, vai para a próxima cidade e um novo Capitão é escolhido entre os que ficaram. Se não tiver suficiente, todos voltam sem pegar nenhum tesouro. O jogo termina quando alguém conseguir 50 PVs e vence quem tiver mais pontos.

- Que sem graça. É só isso? Vou embora.


Tchau e benção! E não volte. Basicamente, o jogo é bem simples, mas claro que há unas coisinhas extras. Sempre que o barco volta a primeira cidade, todos compram uma Carta, que além de possibilitar vencer os perigos da viagem, dão algumas vantagens extras, que mudam a dinâmica do jogo. Por exemplo, o Turbo, que é uma espécie de coringa e substitui uma Carta de Desafio que o Capitão não tenha. Algumas fazem o Capitão rolar novamente todos os dados, outras forçam um jogador a descer na cidade. E a Luneta Mágica, que ignora todos os resultados dos dados (Nota da Sra. Slovic: A Luneta só está disponível entre as Cartas de Tesouro das primeiras cidades). Como dá pare perceber, algumas cartas podem dificultar a vida dos adversários e todas, exceto a Sopro Fortes só podem ser usadas se o jogador ainda estiver no barco.

No geral, Celestia é um jogo simples e muito engraçado, ideal para as noites de jogos descontraídos com os amigos ou a família. Serve para todas as idades e gostos. Mesmo aquele seu amigo que só gosta de jogados pesados que demora incontáveis horas, vai gostar. É um jogo para relaxar, e por ser rápido, dá para jogar duas, três partidas em sequência. Celestia é um remake do Cloud 9. A dinâmica não mudou muito, mas a arte... A arte está fantástica, remete a imagens de um mundo fantástico Steampunk. É um dos jogos mais bonitos e simpáticos que temos na coleção. Agora, permita convidá-los para um agradável passeio. Só prepare-se, pois a previsão é de ventos, raios, com possível ataque de pássaros e ocasionais piratas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário