Logo

Logo

domingo, 31 de janeiro de 2016

Concept

Como dizer uma palavra sem palavras, só através de ideias? Parece difícil? E uma ideia, como faz? Prepare para queimar neurônios com sua imaginação, pois Concept Tá na Mesa!





Concept é um jogo bem original lançado em 2013 por Gaëtan Beaujannot e Alain Rivollet. De quatro a doze pessoas (ou mais), com duração média de 45 min, o objetivo do jogo é adivinhar, por meio de associações a ícones, o maior número de palavras ou frases. No tabuleiro está impresso dezenas de desenhos, representado várias ideias. Com a ajuda desses ícones e de peças, uma dupla deve fazer os outros jogadores a adivinhar uma ideia.

- Gosto de jogos fáceis. Esse parece muito complicado!

Muito pelo contrário <animal>, <marrom>, <orelha>, <grande>. Concept pode assustar para quem vê pela primeira vez, mas é intuitivo e rápido de entender. Há várias cartelas com nove palavras ou frases para serem escolhidos, que vão desde coisas simples como Leite até mais complexas como Margaret Thatcher (Nota do Sr. Slovic: Primeira Ministra da Inglaterra, entre 1979 e 1990, também conhecida como Dama de Ferro).

Em cada turno, dois jogadores devem escolher o conceito que querem usar (Nota da Sra. Slovic: Entenderam de onde vem o nome do jogo?) e colocar as peças auxiliares nos desenhos do tabuleiro. São quatro tipos de peças: Uma Interrogação Verde, que representa o conceito principal; quatro Exclamações (amarela, vermelha, preta e azul), que representam as ideias secundárias e; vários cubos das cinco cores para enfatizar o conceito ou ideia. Complicado? Nem tanto. Veja o exemplo de Maçã: Interrogação no símbolo de <vegetal>, cubo verde no símbolo da <cor vermelha> e exclamação no símbolo de <comida/bebida>. Um vegetal vermelho comestível. O manual dá muitos exemplos, passando por leite <liquido> <branco> <comida>, até Asterix e Obelix (Nota do Casal Slovic: São usados mais de 10 peças! Não vamos falar como é, mas tentem. Só de aquecimento para quando forem jogar). Quando mais difícil e desafiador, melhor fica o jogo, já que a dupla ganha pontos se alguém acertar, então é bom ser o mais direto possível.

- Parece aquele jogo chato, o Imagem & Ação.

Parece, mas não é, denorex do inferno. Até lembra muito, mas em Imagem & Ação a habilidade motora de quem desenha é mais importante que a imaginação de quem adivinha. Já Concept vai para só para o reino abstrato da imaginação e, assim como Dixit, pode ser usado em medo em sala de aula, principalmente para ensinar redação (Nota da Sra. Slovic: Gostou da ideia? Veja mais com o Grupo Jedai).


No geral, Concept é um fabuloso party game, daqueles que com quanto mais participantes melhor. Serve também para mostrar o novo mundo dos boardgames modernos para aqueles seus amigos não games que adoram Pictionary. Como falamos, o jogo até assusta de primeira, mas rapidamente todo mundo entente o espírito da coisa. Agora, nos de licença que temos que preparar o próximo <ação> <a cima> <plano> <objeto> <madeira> <comida>!


Nenhum comentário:

Postar um comentário