Logo

Logo

domingo, 16 de julho de 2017

Sentinelas do Multiverso

O Mal nunca descansa. Sempre a espreita, aproveitando as oportunidades para se espalhar e trouxer o Caos ou a Ordem Tirânica, buscando acabar com a liberdade do povo. Ele pode surgir na forma de um Cientista louco, uma Inteligência Artificial que quer destruir todas as formas de vida ou mesmo como um Conquistador Pandimencional. Mas onde há o Mal, sempre surge o Bem. Para dar justiça aos oprimidos, alento aos que tem medo, esperança aos desprotegidos, acabando com todas as formas da maldade . E o Bem tem um nome. Venham, pois Sentinelas do Multiverso Tá na Mesa!



Sentinelas do Multiverso é um jogo criado em 2011 pelo trio Christopher Badell, Paul Bender e Adam Rebottaro. De um a cinco jogadores, com duração média de 60 minutos, Sentinelas é um cardgame onde os jogadores são parte de um grupo de super-heróis tentando salvar o mundo mais uma vez.

- Tipo Liga da Justiça ou Vingadores? Eca! Quadrinhos é coisa de criança!



Pena que você pensa assim, Sr. Maturidade. Sentinelas usa e abusa das referências dos grupos mais famosos da HQ e de alguns não tão conhecidos assim.  Como não poderia ser diferente, o jogo é cooperativo. Todos atuam juntos em busca de um objetivo em comum: derrotar um vilão. O jogo base (Nota do Sr. Slovic: Sim, por que já existe muitas expansões!) vem com dez heróis, quatro vilões e quatro cenários, cada um com seus respectivos decks de cartas. O jogo é bem simples, mas como todo bem cooperativo, muito difícil de vencer. O turno é dividido em três fases: do Vilão, dos Heróis e do Cenário..

A carta da fase do cenário altera algumas regras do jogo. Pode ser algo como uma erupção vulcânica na ilha pré-histórica onde ocorre a batalha, ou vários inocentes quase sendo esmagados pelos destroços no centro da cidade. Pode ser algo que afete apenas os heróis, apenas o vilão ou todos. Já na fase do vilão, o Mal usa suas cartas para derrotar os jogadores. Os vilões são diferentes entre si. Alguns tem capangadas, outros usam raios da morte e escudos de força. A carta do Vilão explicas as regras especiais de cada um. Na fase dos Heróis, os jogadores podem os poderes de uma de suas cartas já baixadas, baixar uma carta e comprar outra.



Tanto Heróis e Vilões tem basicamente dois tipos de cartas: as Permanentes e as Imediatas. Além disso, os Heróis tem as Limitadas. As Imediatas, que são descartadas logo depois de usadas, são poderes especiais, como um Super Sopro ou um Toque da Cura. Já as Permanentes são Equipamentos ou alguma habilidade sempre em uso, como uma Aura de Fogo. As Limitadas são como as Permanentes, mas mais poderosas, tanto que só pode ter uma cópia em jogo.

- E o combate é assim tipo Pa, Paw, Kapow?

Olha só, não é que o Sr. Maturidade ficou empolgado? Deve ter acabado de ler Sabrina. A batalha é frenética e, sem a cooperação e sinergia de todos, pode ser rápida e desastrosa. Todos os vilões são fortes e não basta derrotá-los uma única vez. Eles sempre voltam. Todas as cartas de Vilões tem dupla face. Assim que o Mal perde, ele retorna (Nota do Sr. Slovic: E com novas regras e maneiras de jogar. E às vezes mais forte). E toda a estratégia deve ser revista.



Muitos estereótipos heroicos estão presentes: o Veloz, o Vigilante, o Tecnológico, o Força Bruta, o Psi. Gosta do Flash? Vá de Tachyon. Quer o Thor? Tem o Rá. Misturar Super Homem com Capitão América? Ok, pegue o Legacy. Tempestade com Aquaman? Fique com o Tempest. Lembra-se do Spawn? Existe sua versão divina, a Fanatic. Tem para todos os gostos.

No geral Sentinelas do Multiverso é divertido. Sua partidas são dinâmicas e a interatividade entre os jogadores é fantástica. Como o jogo é colaborativo, é impossível vencer sem ajuda. E como todo bom Comic Book, há a história do grupo, os Freedom Five. As cartas dos heróis são as capas de revistas e seus Pontos de Vida, o número do gibi. Todos as cartas tem uma citação tirada de uma das histórias do grupo. O jogo é temático e imersivo. Se você gosta desse universo (Nota da Sra. Slovic: Ou seria Multiverso?), esse jogo é para você. Se não é muito a sua praia, quem sabe não se surpreende? Agora, Avante Liga!


Nenhum comentário:

Postar um comentário